domingo, 27 de maio de 2007

Essa semana fui à minha ginecologista fazer o preventivo e coversei muito com ela a respeito de ter outro bebê.O wi e eu sempre pensamos em ter outrofilho e achamos que já está na hora, a Luíza já está com 2 anos e penso que já é o momento ideal.
Não sei se vou conseguir fácil engravidar, pois eu demorei muito para egravidar da Luíza, mas, de qualquer forma já é tempo de aquecer as turbinas e preparar nossa vida para uma deliciosa e possível surpresa,Ai ai quem sabe!!! Eu queria muito engravidar novamente...Eu amo minha família e e´muito boa a idéia de vê-la crescendo.
Pensar que uns cinco anos atrás era somente eu, Willian e em monte de planos...

domingo, 20 de maio de 2007

Procura-se um amigo.

Não precisa ser homem, basta ser humano, basta ter sentimentos, basta ter coração. Precisa saber falar e calar, sobretudo saber ouvir. Tem que gostar de poesia, de madrugada, de pássaro, de sol, da lua, do canto, dos ventos e das canções da brisa. Deve ter amor, um grande amor por alguém, ou então sentir falta de não ter esse amor.. Deve amar o próximo e respeitar a dor que os passantes levam consigo. Deve guardar segredo sem se sacrificar.




Não é preciso que seja de primeira mão, nem é imprescindível que seja de segunda mão. Pode já ter sido enganado, pois todos os amigos são enganados. Não é preciso que seja puro, nem que seja todo impuro, mas não deve ser vulgar. Deve ter um ideal e medo de perdê-lo e, no caso de assim não ser, deve sentir o grande vácuo que isso deixa. Tem que ter ressonâncias humanas, seu principal objetivo deve ser o de amigo. Deve sentir pena das pessoa tristes e compreender o imenso vazio dos solitários. Deve gostar de crianças e lastimar as que não puderam nascer.



Procura-se um amigo para gostar dos mesmos gostos, que se comova, quando chamado de amigo. Que saiba conversar de coisas simples, de orvalhos, de grandes chuvas e das recordações de infância. Precisa-se de um amigo para não se enlouquecer, para contar o que se viu de belo e triste durante o dia, dos anseios e das realizações, dos sonhos e da realidade. Deve gostar de ruas desertas, de poças de água e de caminhos molhados, de beira de estrada, de mato depois da chuva, de se deitar no capim.



Precisa-se de um amigo que diga que vale a pena viver, não porque a vida é bela, mas porque já se tem um amigo. Precisa-se de um amigo para se parar de chorar. Para não se viver debruçado no passado em busca de memórias perdidas. Que nos bata nos ombros sorrindo ou chorando, mas que nos chame de amigo, para ter-se a consciência de que ainda se vive.

domingo, 13 de maio de 2007




Mãe cansada, que sempre dorme
quando canta para o filho dormir

Não tem tempo para se alimentar
quando o filho quer mamar.

Mãe que brinca com lágrimas
num rosto feliz

E é sempre mãe, professora,
amiga, aprendiz!

Que não guarda o choro nem a
dor quando o filho vai partir

para bem longe vai seu coração,
mundo afora!

Ela sabe que chegou a hora...

Sua emoção vai disparar sempre
que o filho voltar!

E quantas horas de sono
perdidas quando ele sair!

Sofre calada, não reclama

mas quando o filho bate à
porta, seu coração inflama

seus olhos brilham e então
dorme seu sono de paz!

E assim, toda uma vida se faz!

Assim, só pode ser você, mãe!

Feliz dia das mães!!