quarta-feira, 23 de fevereiro de 2011

Fimose.

O biel até hoje não conseguiu descolar o prepúcio de seu pênis. Poisé amigas meu menino tem fimose. E para tentar reverter o problema, a médica dele passou uma pomada para ser usada durante oito semanas a noite junto com massagens no local. Essa pomada( postec) reverteu noventa por cento dos casos, espero que o Biel se inclua nessa porcentagem e não precise de cirurgia. Vamos torcer pra dar certo.

quinta-feira, 17 de fevereiro de 2011

Ôh glória!!!!

Relógios devem ser adiantados em uma hora à meia-noite de sábado (16) (Foto: Caroline Hasselmann/G1)
Horário de verão termina à meia-noite deste sábado

Moradores do Sul, Sudeste e Centro-Oeste devem atrasar relógios em 1 hora.
Horário brasileiro de verão começou à 0h de 17 de outubro de 2010.
Do G1, em São Paulo

Relógios devem ser atrasados em uma hora à meia-noite de sábado (19) para domingo
Termina à meia-noite deste sábado (19) para domingo (20) o horário brasileiro de verão, e os relógios de moradores das regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste devem ser atrasados em uma hora. O horário brasileiro de verão foi adotado em dez estados do país e no Distrito Federal desde a 0h de 17 de outubro de 2010.

A medida, segundo o Ministério de Minas e Energia (MME), visa reduzir a demanda por energia elétrica em horários de pico por meio do aproveitamento da luz solar. Por isso, o período escolhido para o horário de verão no Brasil, assim como em outros países no hemisfério sul, é o segundo semestre, entre a primavera e o verão, quando os dias são mais longos.


"O horário de verão é adotado entre a primavera e o verão, quando os dias são mais longos. Sua função é levar a um maior aproveitamento da luz solar, com menor necessidade de uso de iluminação artificial", diz Claude Cohen, professora do Departamento de Economia da Universidade Federal Fluminense (UFF) e professora colaboradora do Programa de Planejamento Energético (PPE), do Instituto Alberto Luiz Coimbra de Pós-graduação e Pesquisa de Engenharia (Coppe), da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ).
Aderiram à mudança de horário, ainda segundo o MME, os estados do Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, São Paulo, Rio de Janeiro, Espírito Santo, Minas Gerais, Goiás, Mato Grosso e Mato Grosso do Sul, além do Distrito Federal. Desde 2008, a mudança no horário ocorre sempre no terceiro domingo de outubro e termina no terceiro domingo de fevereiro.


A expectativa do Ministério para a redução da demanda de energia na versão 2010/2011 do horário de verão é de 5%, muito próxima do que ocorreu no horário de verão do ano passado. O balanço oficial dos valores da redução da demanda no horário de pico e do consumo de energia, no entanto, só deve ser realizado nas primeiras semanas após o término do horário de verão.


Nos últimos dez anos, segundo o Ministério de Minas e Energia, a adoção do horário de verão possibilitou uma redução média de 5% na demanda de energia no horário de maior consumo, chamado horário de "pico", que ocorre entre 18h e 21h. Essa redução significa que as usinas deixaram de gerar, no horário de pico da carga, cerca de 2.000 MW a cada ano.


Nem acredito!!! Até que enfim está acabando esse horário inconveniente, que só faz, em parceria com o calor, deixar a gente mais cansada e indisposta. Viva o Horário antigo!!!

quarta-feira, 16 de fevereiro de 2011

Bodas de cerâmica.

Hoje completamos mais um ano. Já são nove. A cada ano renovamos nossa boda( compromisso) na certeza de que nascemos um para o outro. Parabéns para nós amor, te amo.

quarta-feira, 9 de fevereiro de 2011

Éramos felizes e sabíamos...


imagem tirada daqui:  http://aultimainfanciafeliz.blogspot.com/


Responda uma coisa:

Você que teve sua infância durante os anos 60, 70, 80... Como pôde sobreviver? Afinal de contas...

1 - Os carros não tinham cintos de segurança, apoios de cabeça, nem air-bag!

2 - Íamos soltos no banco de trás fazendo aquela farra! E isso não era perigoso!

3 - As camas de grades e os brinquedos eram multicores e no mínimo pintados com umas tintas “duvidosas“ contendo chumbo ou outro veneno qualquer.

4 - Não havia travas de segurança nas portas dos carros, chaves nos armários de medicamentos,detergentes ou químicos domésticos.

5 - A gente andava de bicicleta para lá e para cá, sem capacete, joelheiras, caneleiras e cotoveleiras...

6 - Bebíamos água da torneira, de uma mangueira, ou de uma fonte e não águas minerais em garrafas ditas "esterilizadas"...

7 - Construíamos aqueles famosos carrinhos de rolimã, e aqueles que tinham a sorte de morar perto de uma ladeira asfaltada, podiam tentar bater records de velocidade e até verificar no meio do caminho que tinham "economizado" a sola dos sapatos, que eram usados como freios... E estavam descalços... Alguns acidentes depois, todos esses problemas estavam resolvidos!

8 - Íamos brincar na rua, com uma única condição: voltar para casa ao anoitecer! Não havia celulares... E nossos pais não sabiam onde estávamos! Incrível!

9 - Tínhamos aulas só de manhã, e íamos almoçar em casa.

10 - Gessos, dentes partidos, joelhos ralados... Alguém se queixava disso? Todos tinham razão, menos nós ...

11 - Comíamos doces à vontade, pão com manteiga, bebidas com o (perigoso) açúcar. Não se falava de obesidade - brincávamos sempre na rua e éramos super ativos...

12 - Dividíamos com nossos amigos uma Tubaína comprada naquela vendinha da esquina, gole a gole e nunca ninguém morreu por isso...

13 - Nada de Playstations, Nintendo 64, X boxes, jogos de Vídeo, Internet por satélite, videocassete, Dolby surround, celular com câmera, Computador, Chats na Internet... Só amigos.

14 - E os nossos cachorros? Lembram? Nada de ração. Comiam a mesma comida que nós (muitas vezes os restos), e sem problema algum! Banho quente? Shampoo? Que nada! No quintal, um segurava o cão e o outro com a mangueira (fria) ia jogando água e esfregando-o com (acreditem se quiserem) sabão (em barra) de lavar roupa! Algum cachorro morreu (ou adoeceu) por causa disso??

15 - A pé ou de bicicleta, íamos à casa dos nossos amigos, mesmo que morassem a kms de nossa casa, entrávamos sem bater e íamos brincar.

16 - É verdade! Lá fora, nesse mundo cinzento e sem segurança! Como era possível? Jogávamos futebol na rua, com a trave sinalizada por duas pedras, e mesmo que não fôssemos escalados ... ninguém ficava frustrado e nem era o "fim do mundo"!

17 – Na escola havia bons e maus alunos. Uns passavam e outros eram reprovados. Ninguém ia por isso a um psicólogo ou psicoterapeuta. Não havia a moda dos "superdotados", nem se falava em dislexia, problemas de concentração, hiperatividade. Quem não passava, simplesmente repetia de ano e tentava de novo no ano seguinte!

18 - Tínhamos: Liberdade, fracassos, sucessos, deveres, e aprendíamos a lidar com cada um deles!

A única verdadeira questão é: como a gente conseguiu sobreviver? E acima de tudo, como conseguimos desenvolver a nossa personalidade?

Você também é dessa geração?

Sem dúvida os outros vão responder que era uma chatice, mas... Como éramos felizes!

Autor: Dejan Trifunovic

segunda-feira, 7 de fevereiro de 2011

Boa semana...


Bom dia gente!!!
Que a semana seja repleta de surpresas boas, felicidade, alegria, entusiasmo e pensamentos positivos.
 É o que eu desejo pra todos que passarem por aqui.
Beijos...

quinta-feira, 3 de fevereiro de 2011

Um pinguim no país tropical.

Gente, todo mundo sabe o calor que anda fazendo por aqui, mas tem uma pessoa que não tinha idéia do que era esse calor quando falávamos que estava bravo o verão.
Meu cunhado veio morar no Brasil e resolveu se mudar em pleno verão brasileiro. Saiu de Portugal deixando a lareira quentinha de sua casa (lá é inverno) e veio cair bem no meio do caldeirão fervendo que está o Brasil. Foi morar em Cataguases, lugar mais quente que aquela cidade, não existe. Agora vocês imaginam, um europeu passando o verão de janeiro aqui. O homem tá suando, não. está minando pelos poros. O coitado tá sem lugar, agente olha pra ele e dá pena kkk está andando até de boca aberta kkk.
 Semana passada, montei a piscininha das crianças no quintal da casa de minha mãe, ele chegou do trabalho, olhou as crianças brincando na água e não resistiu, pulou pra dentro da piscina pra se refrescar. A cena daquele homem enorme dentro de uma piscininha, estava hilário. Vejam por voces mesmo.