sábado, 24 de julho de 2010

Luto.

Infelizmente meu paizinho se foi, Estou dilacerada de tanta tristeza...
 Que Deus me dê forças para amparar minha mãe...Nem sei de onde eu vou tirar ...

segunda-feira, 19 de julho de 2010

O que está acontecendo:

Oi gente,
Primeiro, quero agradecer as orações e as palavras de apoio que me enviaram, seja pelo blog, pelo msn, pelo orkut e por e-mail.
Eu estive essas semanas sem coragem para escrever, acontece que eu quando fico assim, muito triste eu perco o rítmo, o entusiasmo,a força...eu fico esgotada. Faz umas tres semanas que eu não durmo nada a noite, tô exausta e sem conseguir concentrar nas coisas, por isso se eu escrever algo sem nexo ou errado, relevem pois eu estou na verdade, escrevendo aqui mas com a cabeça em Muriaé, que é pra onde o meu pai está já ha duas semanas.
 Tudo começou devido a um tombo que meu pai levou quando subia as escadas para o seu quarto. a casa de minha mãe é de dois pavimentos e tem uma grande escada em formato de L entre um andar e outro. e meu pai caiu do último degral e veio rolando até o primeiro. Quebrou o punho, desmaiou, saiu muito sangue na cabeça e foi levado as pressas pro hospital.
Chegando lá fizeram uma radiografia no braço e no tórax e fizeram uma tomografia na cabeça. no princípio constataram que apenas havia umas manchas de sangue espalhadas no cérebro que não havia coágulo e com a cabeça estava tudo bem mas, o braço ele teria que operar. Então no outro dia foi o meu pai pra sala de cirurgia tomar uma anestesia local, pois devido ao problema renal dele que é grave não era aconselhado ele tomar anestesia geral.
 Naquela noite depois da cirurgia ele deu uma forte convulsão e foi transferido para a UTI ( isso ele ainda estava em Cataguases)Fizeram novamente uma outra tomografia e constataram um líquido em volta do cérebro que precisaria ser retirado com urgencia pois este líquido estava comprimindo o cérebro e causando essas convulsões, falha na visão e muita confusão mental nele.
 Então o médico aconselhou meu pai ser transferido para Muriaé pois, lá teria o melhor neuro- cirurgião da região sendo também o hospital de lá uma referência no nosso estado.
Assim, no dia de sua transferência eu fui a Cataguases vê-lo e esperar ele partir para Muriaé. Na hora de sair, ele me abraçou e disse que me amava muito e essa, foi a última vez que meu pai me viu, e falou comigo.Antes ele pediu para ver as crianças e então eu consegui subir com elas pro quarto e ele se despediu, beijou- as e quando elas sairam ele caiu no choro, chorou muito.
Chegando em Muriaé, ele foi direto pro consultório do tal neuro- cirurgião que disse que ele precisava fazer a cirurgia com urgencia, e que devido ao problema renal ele também daria uma anestesia local,faria alguns furos no crânio e sulgaria o líquido. Então a cirurgia aconteceu e logo após, meu pai voltou muito agitado, minha mãe custou acalmá-lo, em seguida, ele prostou, não se mexia mais, só dormia, deixando o médico preocupado a ponto de fazer mais uma tomografia logo após a cirurgia. Esse novo exame, detectou um coágulo bem dentro do cérebro e meu pai teve que voltar para a sala de cirurgia, apenas algumas horas após a primeira, para realizar, dessa vez, uma cirurgia mais complicada, pois esta, teria que abrir literalmente sua cabeça e também teria que tomar anestesia geral.
 Passei esse momento da operação rezando e pedindo a Deus que meu pai aguentasse e ele saiu vivo de lá, porém, já tem onze dias que ele tá em coma parcial, respirando por aparelhos( antes de ontem, fizeram uma traqueostomia nele), se alimentando por sonda, não mexe um músculo, nem pisca, dá pena de ver... já fui lá, conversei com ele, disse que ele precisava acordar pra ir embora pra casa, disse que eu o amava e as crianças estavam sentindo a sua falta, mas nada. O médico disse que é pra gente conversar com ele pois ele não consegue se mover nem consegue abrir os olhos devido a falta de funcionamento do cérebro, mas que ele pode nos ouvir e entender tudo o que dissermos a ele.
 Daí, estamos assim, na torcida por uma melhora ou ... que seja feita a vontade de Deus...Só peço ao Pai celeste que não deixe meu paizinho sofrer, abaixo de Deus, tudo o que se pode fazer em prol da melhora e do conforto dele está sendo providenciado, Graças a Deus ele tem um ótimo plano de saúde que cobre qualquer coisa que ele precise. As pessoas, enfermeiros e médicos, estão com o maior carinho e cuidado do mundo com ele, está fazendo fisioterapia no pulmão, sexta feira passada, foi um dentista avaliar os dentes dele pois alguns quebraram com a queda e estavam machucando  o seu lábio, trocaram seu colchão para um de estilo caixa de ovo para evitar escárias, fazem sempre a barba dele mesmo dormindo... então o cuidado e carinho, ele está tendo, agora, só falta um milagre... e é por isso que eu continuo a pedir quem passar por aqui, que façam uma oração pra ele quem sabe Deus não atende e resolve fazer com que ele acorde e melhore.
 Beijos e assim que tiver notícias eu blogo.
Desculpem pelo texto enorme.

quarta-feira, 14 de julho de 2010

Precisa-se:

De muita, mas muita oração mesmo pro meu pai. Só orações e um grande milagre poderão resolver. Mais nada se pode fazer...
 Quem ajuda?
 Estou arrasada de tão triste...