quarta-feira, 30 de dezembro de 2009


É isso aí galera, Vamos festejar a vida, Beijos e muitos beijos da família Rosa.
FELIZ ANO NOVO BRASIL;
FELIZ ANO NOVO PORTUGAL;
FELIZ ANO NOVO MUNDO!!!

Parabéns!!

Hoje nosso sobrinho está completando um aninho de idade, como o tempo passou rápido!
Ele está cada dia mais lindinho e muito esperto.
Murilo, a titia deseja que sua vida seja intensa, e feliz, que você tenha muita saúde e que tudo de bom te aconteça.
Nós te amamos muito meu lindo.

sexta-feira, 25 de dezembro de 2009

O nosso Natal.

Este ano, não deu pra reunir a família toda mas, foi muito bom mesmo assim. Passamos com sempre, na casa de meus pais. A Lulu cada ano curte mais, fica super feliz de ver a casa cheia, a árvore abarrotada de presentes, a mesa da ceia posta, ela adora esse movimento de festa. O Papai Noel (meu Tio),apareceu cedo e pra alegria dos filhotes, distribuiu todos os presentes antes do horário, foi bom porque assim, ele brincaram bastante antes de dormir. Ás 00:00hs, nos abraçamos, rezamos e cantamos. Foi tudo muito bom, fomos dormir as 2:00hs.
Hoje,nos reunimos novamente para um almoço aqui em casa. Amanhã, tem mais só que será na casa de meus tios. Depois eu conto como foi. Beijos a todos e mais uma vez, Feliz Natal.

P.S.: Não estou conseguindo postar as fotos aqui da casa de minha mãe, assim que eu voltar pra Ubá, eu ponhonfotos do nosso Natal.

terça-feira, 22 de dezembro de 2009

Feliz Natal para todos!!!



Que neste Natal
Aquela magia toda guardada durante todo o ano
Venha presente nos corações daqueles que festejam o amor.

Que não apenas seja uma comemoração,
Mas um início para uma nova geração.

O Natal simboliza nova vida,
Pois nele comemoramos o nascimento do Homem
Que modificou a nossa maneira de ver o mundo.
Trazendo-nos amor e esperança.

Que neste natal sejam confraternizados todos os desejos
De um mundo melhor.

Que todos estabeleçam um novo vigor de humanidade.
E que nada seja mais forte do que a união
Daqueles que brindam o afeto entre eles.

Feliz Natal e Próspero Ano Novo!!

São os votos de: Marilena Willian Luíza e Gabriel.

O verão chegooou, é só alegria...

A estação mais animada do Brasil chegou ontem com força total.
Verão, lembra carnaval. Já imaginou carnaval no inverno? Sei que minhas amigas portuguesas não só imaginam como vivenciam isso mas, pra mim é tão estranho como para vocês imaginarem o nosso natal no verão. Nem chegou o natal e as notícias nos jornais na net só se fala nisso,carnaval, fantasias, desfiles, rainhas de bateria. Já gostei muito de carnaval, quando solteira e mais jovem, agora quando penso nisso eu só quero ficar quetinha em casa, assistindo aos desfiles pela tv, o máximo é levar os filhotes na matiné e pronto, não tenho mais pique para folia, já se foi esse tempo...

domingo, 20 de dezembro de 2009

Sobre o Finds:

Primeiro quero avisar que estou muito feliz, meu Pai saiu hoje do hospital, já tá em casa e muito bem. Tomou de ontem pra hoje três bolsas de sangue e depois disso, tudo melhorou.Agora, de acordo com o médico só em janeiro que ele poderá ligar as veias para a preparação da hemodiálise. Que bom gente! Achei mesmo que ele corria o risco de passar o Natal internado.
Esse fim de semana, ficamos em Ubá. SAaimos sábado para comprar o resto dos presentes, a rua como sempre infernal, um mar de gente, Eu olhava e imaginava um grande formigueiro. Mas graças ao bom Deus deu tudo certo, as crianças se comportaram lindamente, e tiveram a maior paciência, coisa difícil de se achar em crianças da idade dos meus filhotes.
no domingo, fomos convidados para uma confraternização de uma indústria de móveis que a Actel( empresa que o Will trabalha) presta serviços.
Chegamos por volta de 12:00hs e logo depois chegou o Chefe do Willian com esposa e filhos,(Pessoas muito legais, pena que nos encontramos tão pouco, gostamos muito deles), então, passamos uma tarde bem agradável. Viemos embora por volta das 14:30., e ainda fomos eu e o will fazer pastéis pois a turminha estava com vontade, vê se eu aguento?
Bom é isso, Vou botar fotinhas da festa, pouquinhas pois não tirei muitas, Beijos e boa semana à todas (os).

sexta-feira, 18 de dezembro de 2009

quinta-feira, 17 de dezembro de 2009

Sindrome do bebê sacudido.

Vou colocar aqui um post sobre uma matéria muito importante que eu li no blog Sinceramente da Luciana Boury( http://luboury.blogspot.com/),um Blog muito instrutivo não só para as mamães de primeira viagem mas para nós também, mães já de segunda e com filhotes maiorzinhos. Passem lá e dêem uma olhada no cantinho dela, vale a pena.

Você que costuma brincar ou chamar a atenção de seu bebê sacudindo-o ou jogando ele para o alto, CUIDADO! Isso pode ser muito perigoso, podendo causar sérios danos irreversíveis à criança e em casos mais graves, até em morte. Pesquisei sobre o assunto na internet e trouxe maiores detalhes para quem é leitora aqui do blog. É importante a leitura, recomendo.

É comum um bebê chorar até três horas por dia, afinal essa é a única forma que ele tem para se comunicar e informar que está com sono, fome ou incomodado com o barulho, por exemplo. Mas no interior de muitos lares essa manifestação é rebatida por adultos com violentas sacudidas. Um ato condenável, que acontece com uma frequência muito maior do que se imagina. De tão recorrente virou alvo de um projeto internacional para preveni-lo. A campanha, que teve início na Austrália, já está em mais de 150 países e acaba de ser lançada no Brasil.

O objetivo da campanha é chamar a atenção de pais, babás, outros cuidadores, educadores e médicos para o problema e suas consequências. No meio científico, ele é chamado de síndrome do bebê sacudido. A violência pode provocar danos neurológicos, cegueira e até a morte do bebê. “Essa também é a causa mais comum de traumatismo craniano não acidental entre crianças menores de 3 anos”, afirma o psicoterapeuta João Figueiró, presidente do Instituto Zero a Seis, voltado para a promoção de ações em favor de crianças nesta faixa etária. A entidade e o Laboratório de Análise e Prevenção da Violência da Universidade Federal de São Carlos são os responsáveis pela campanha no Brasil.

Os prejuízos ocorrem principalmente porque, no primeiro ano de vida, o organismo do bebê está em pleno desenvolvimento. Os nervos e vasos sanguíneos são mais frágeis, por exemplo, assim como as estruturas do pescoço. Até os neurônios estão desprotegidos – a membrana que os recobre ainda está em construção. A cabeça de um bebê é grande e pesada em proporção ao resto do corpo. Entre o cérebro e crânio existe um espaço livre destinado ao crescimento e desenvolvimento; os músculos do pescoço do bebê ainda não estão desenvolvidos. Quando se sacode um bebê ou uma criança pequena (geralmente abaixo dos 2 anos de idade), o cérebro ricocheteia contra o crânio, provocando contusão, inchaço, pressão e sangramento (hemorragia intracerebral). Isso pode resultar em dano cerebral grave e permanente, ou mesmo em morte. O ato de sacudir um bebê ou criança pequena também pode provocar lesões no pescoço e na coluna vertebral. As hemorragias da retina podem resultar em perda da visão. Quase sempre, esta síndrome é causada por trauma não-acidental (abuso infantil), provocado por um pai, mãe ou babá irritados, que sacodem o bebê para puni-lo ou fazê-lo ficar quieto. Em casos raros, esta lesão pode resultar, acidentalmente, de ações como arremessar o bebê para o alto ou correr com ele em um "baby bag" preso às costas.

Muitos médicos, no Brasil e no mundo todo, desconhecem a síndrome. “Por isso queremos divulgar mais informações a esses profissionais”, afirma a pediatra Evelyn Eisenstein, professora da Universidade do Estado do Rio de Janeiro. Em relação às famílias, a campanha pretende orientar sobre formas de acalmar a criança durante as crises de choro. “A mãe que tem um vínculo forte com o filho protege. Queremos criar meios para fortalecer essa relação e evitar os maus-tratos”, diz a especialista.

Fonte: Enciclopédia da Saúde e Revista ISTOÉ

Meu pai.

Ainda vai ficar mais esse final de semana no hospital, Ele iria sair amanhã mas, os exames de sangue deram um probleminha e ele vai ter que tomar mais uma bolsa de sangue isso é por causa dos rins, quanto os pulmões, devido às fisioterapias, está melhor. Só espero que ele não passe o Natal por lá, seria tão triste... Bom, com isso não iremos mais à Cataguases esse fim de semana. vamos ficar por aqui mesmo.

terça-feira, 15 de dezembro de 2009

Ultimo dia de aula.

Poisé, hoje foi o ultimo dia de aula da Luíza. A professora pediu que ela levasse salgados pois irão fazer uma festa de despedida. Mandei também um presente ( Comprei um dominó didático com letras e gravuras para ela associar uma a outra) sem ela saber, o Papai Noel irá a escola distribuir as prendas, levou também roupa de banho para brincar na piscina. Será uma tarde de festas e brincadeiras. Estou anciosa para ela chegar e contar as novidades.
A Lulu está feliz por entrar de férias mas, triste por ter que deixar a professora, ano que vem ela começará o segundo períodocom outra professora. Mas já venho preparando ela desde o início do segundo semestre. Vamos ver até lá. Beijos.

Presentes comprados... quase todos.

Esse ano, com duas crianças eufóricas, resolvemos comprar os presentes pela internet mesmo. além do tumulto da rua que está uma loucura, achar um lugar para estacionar também é coisa rara por aqui. As pessoas em final de ano ficam parecendo cão sem dono, é um entra e sai de lojas, as ruas lotadas de gente, um calor insuportável, e aí, você me imagina no meio disso tudo com duas crianças empolgadas com esse movimento todo. Não dá né? então compramos pela net e adorei, já mandei entregar lá na casa da minha mãe pois é lá que passaremos o Natal.
A luíza fez uma lista pra ninguem botar defeito. então aproveitando que os dois sào os únicos sobrinhos e netos do meu lado, dividi a tarefa das compras KKK.
Nós daremos esses bebes gêmeos que interagem com a criança:

A tia Lu dará esse patinete:

e a tia Lully (Juliana) dará a barbie farytopia:
O Gabriel, só nós que decidimos por enquanto. vai ganhar seu primeiro carro. Achamos esse jipp numa super promoção e tem um monte de ferramentas para ele ajustar o motor do carango, KKK acho que ele vai adorar.
A minha mãe ainda não decidiu pois, está com meu pai no hospital ainda( Disse que ele está um pouco melhor, Tá fazendo fisioterapia todos os dias no peito para ver se melhora da falta de ar).
Do lado do Willian eles não são os únicos netos e sobrinhos então não sabemos o que virá. Mas sei que tudo que meu filhos ganham, eles ficam super felizes. Graças a Deus é muito fácil de agradar essa dupla.

segunda-feira, 14 de dezembro de 2009

Alerta para pais de adolescentes:


A pulseirinha do sexo
Os jovens aderem à moda dos braceletes coloridos – muitos deles sem saber de seu significado erótico
ANDRES VERA

São pulseiras comuns, que qualquer garota usaria para ir

ao colégio, feitas de silicone, em cores vibrantes e de aparência inocente. Mas nos últimos dias passaram a deixar muitos pais preocupados com rumores sobre seu verdadeiro significado. Segundo um

modismo que surgiu na Inglaterra e chegou ao Brasil recentemente, arrebentar a pulseira de determinada cor obrigaria o portador da pulseira a se submeter ao ato correspondente àquela cor.

Pulseira amarela, por exemplo, equivaleria a um abraço. Pulseira preta, a sexo.

Não se sabe como surgiu esse código nem como ele se

espalhou entre os adolescentes. Na Inglaterra, as pulseirinhas ganharam o nome de shag bands (algo como “pulseiras da transa”). Lá também surgiu o jogo cham

ado “snap” (estouro, na tradução do inglês) e o dicionário de cores (leia o quadro abaixo). O assunto chamou a atenção da imprensa e virou motivo de alarde entre

pais e educadores quando crianças do ensino fundamental começaram a usar as pulseiras.

Não demorou muito para a

novidade se espalhar pela internet e chegar ao Brasil. Redes sociais como Orkut e Facebook têm comunidades dedicadas aos fãs das pulseiras. Uma delas já reunia 40 mil seguidores na semana passada

, a maioria perfis de crianças e adolescentes. Embora seja comum encontrar jovens com o braço carregado de pulseiras, parte deles parece desconhecer seu significado. “Eu parei de

usar quando descobri, mas vejo um monte de meninas do fundamental usando sem saber”, diz a estudante Bárbara Campos, de 15 anos, aluna de um colégio particular de São Paulo. Seu namorado, no entanto, ainda carrega três

pulseiras no pulso: uma preta, uma branca e uma vermelha. “Se outra menina estourar as pulseiras dele, eu vou ficar muito brava.”

Vendidas por camelô

s em qualquer cidade grande brasileira, a novidade ficou conhecida por aqui como pulseira cool (legal, na tradução do inglês), pulseira da amizade ou pulseira da malhação. Um

pacote com 20 unidades, de cores sortidas, custa cerca de R$ 1. Entre os mais jovens e os que não levam o sentido do snap a sério, as pulseiras também resumem o “currículo”

sexual da pessoa. Vale a mesma regra das cores: quem já fez sexo pode exibir sua pulseira preta. Os mais “populares” costumam usar a cor dourada.

Como pais e educadores deveriam reagir diante da conotação sexual de uma inocente pulseira de silicone? “Proibir não adianta, porque o adolescente pode se sentir excluído quando vir que os

colegas continuam usando”, diz a psicóloga Denise Diniz, da Universidade Federal de São Paulo. “Os pais devem aproveitar a oportunidade para debater sexualidade em casa.” Os colégios se dividem entre

proibir ou ignorar o uso das pulseiras. “Acreditamos que esse jogo não passe de um modismo, mas os pais podem e devem impor seus limites, sem alarde”, diz Silvana Leporace, coordenadora educacional do Colégio Dante Alighieri, em Sã

o Paulo. Modismo ou não, não custa nada para os pais dar uma olhadinha no que os filhos andam usando no pulso.

ESTOURO
Adolescentes com as “pulseiras da amizade”. Arrebentar a de outra pessoa é um convite à intimidade


sábado, 12 de dezembro de 2009

Notícias de Cataguases.

Estamos aqui na casa de minha mâe . Cheguei ontem pois tínhamos uma festa para ir em Leopoldina como eu havia dito. A festa estava muito boa, ficamos por lá até umas 00:30 depois, estrada para Cataguases. Chegamos em casa e a Lulu estava dormindo no sofá tadinha, disse que queria esperar pelo presente que ganha todos os anos da firma. Adorou tudo.
Hoje meu pai se internou novamente. Desta vez não por causa dos rins mas do pulmão.
Quando ele foi fazer a ligação das veias para a hemodiálise, fizeram uma chapa antes e descubriram uma infecção enorme no pulmão. Acabei de ligar pra lá e a minha mãe me disse que ele havia acabado de ter uma crise de falta de ar muito forte. Estou muito preocupada com meu paizinho, cada hora é um problema que aparece. Então, enquanto ele não melhorar dos pulmões ele não poderá pensar em colocar o catéter. O negócio agora é rezar pra ele ficar bom logo pois ele precisa resolver o caso dos rins, O médico disse que ele precisa desse catéter no corpo caso ele tenha uma crise renal é facil de conectar ele à máquina. difícil é pegar veia em meio a uma crise.

quinta-feira, 10 de dezembro de 2009

Na sexta...

...Iremos mais cedo para Cataguases, vamos almoçar lá, que bom! Já tem uns três finais de semana que eu nao vou pra lá, já estou com saudades daquele povo. Fui um dia apenas dias atrá para ver a minha irmã que tinha chegado de surpresa mas fiquei só um pouco e vim embora.
Amanhã a noite tem confraternização da e mpresa que o will trabalha, vai ser a noite e mais uma vez não levarei as crianças. Não porque eu nào quero , mas por ser a noite e os filhotes dormem cedo, sempre por volta das 19:30 eles já estào na cama. Se eu levar não vou poder ficar muito, e com certeza não vou aproveitar direito pois os dois sonolentos são um coisa, só vendo, ficam muito chorosos e pra que eu vou expô-los a isso não é mesmo?
Bom se eu não voutar aqui até amanhã, desejo a todas um ótimo final de semana, beijos nossos.

quarta-feira, 2 de dezembro de 2009

A Vasectomia.

Ontem foi o dia marcado para a cirurgia. Então lá estávamos eu e o Will na, clinica, esperando a nossa vez de entrar e conversar com o médico que ao nos receber, já foi abrindo o jogo e falando os pros e contras da laqueadura, mais contras do que pros, tentou botar medo no will mas, este estava decidido e Não se importou com nada que o médico disse. Eu também não pois se algum dia resolvermos ter mais filhos, que eu acho muito difícil da acontecer, existe inceminação e adoção não é mesmo?
Daí o Will foi pra sala de cirurgia e começou a demorar a tal vasectomia( o médico me disse que em vinte minutos estaria pronto) até que o médico sai e me chama pra conversar dizendo que o will ficou muito nervoso e a pressão abaixou um pouco, que ele havia feito o lado direito mas o lado esquerdo ele iria terminar no hospital por segurança, fiquei preocupada e entrei na sala onde meu marido estava. Dei de cara com um homem de camisolão azul, e o rosto amarelo igual uma banana, nunca vi o Willian daquele jeito, tão pálido e ofegante. Saímos de lá e viemos direto pra casa, o will teve que fazer dieta o resto do dia para encarar a segunda parte.
Chegamos no hospital as 18:00 em ponto e o doutor já estava nos esperando. subimos e eu fiquei de fora, sentada em frente a uma televisão cujo jornal daquela hora só passava reportagem de erro médico com pacientes que foram fazer pequenas cirurgias e morreram de bobeira. E foi me dando uma aflição tão grande que eu desabei a chorar não só pela impotência de estar lá fora sem poder fazer nada, mas também por tudo, pela nossa decisão de não termos mais filhos, ( se eu pudesse eu teria mais uns dois mas quero dar uma qualidade de vida melhor pros dois que eu tenho será que voces me entendem?)Daí MEIA hora depois desce o médico e o enfermeiro e me falam: Não sei o que aconteceu agora de tarde mas seu marido tomou uma dose forte de coragem e terminamos tudo bem, ele já está descendo. Agradeci e em seguida veio o meu amor, meio que mancando mas bem, agora está aqui do meu lado, dormindo o sono dos justos.